A que gostava de uma rapidinha


Ela entrou apressada e me abraçou.
– Que saudade! – Depois de um beijo prolongado, que denunciava bem suas intenções, acrescentou: – Ai, que pena, to com tanta pressa…
Continuamos nos beijando e, tendo em vista aquela declaração, coloquei a mão entre suas pernas – e eram belas pernas aquelas, bastante bronzeadas, mas ainda escondidas pela calça comprida. Ela ronronou e depois me encarou, penalizada:
– Ainda tenho umas aulas à tarde.
Puxei-a para o sofá. Era bem o seu estilo, uma rapidinha no sofá – mas como eu bem sabia, com ela mesmo uma rapidinha valia muito a pena.
Ficamos deitados, nos beijando, enquanto eu ia devagar abrindo a sua calça jeans. Encontrei os pentelhos já úmidos e fui massageando a buceta, deixando-a mais molhada. Beijei seu pescoço, por baixo dos cabelos negros, que ela afastou, virando de costas enquanto tirava a calça. Tirei também as minhas e ela pegou no pau, de olhos fechados, colocando-o no rego da bela bunda, estilo violão. Explorei os seios por dentro da blusa e do sutiã. Eram pequenos, mas bem proporcionados e, quando livres, bem empinados.
Depois de algum tempo naquilo, ela deu uma risadinha gutural. – Isso é que é vida boa, uma aulinha e uma fodinha.
A camisinha estava à mão e, depois de colocar, deslizei o pau por trás para dentro da bucetinha. Embora não fosse apertada – havia filhos e tudo o mais -, era uma das melhores bucetas que já experimentara, talvez pelo prazer dela em ter o pau lá dentro. Ela jogou a cabeça para trás e começou a gemer. Fui metendo devagar enquanto ela se agitava, até que se ergueu e ficou sentada nele, de costas para mim. Apreciei a marca do biquini na sua bunda enquanto ela, com os braços apoiados na minha perna, subia e descia, sempre gemendo.
– Ai, meu amor aiiii… Aiiii.
Segurei sua bunda macia enquanto subia e descia ritmadamente. Ela sentou no pau e mexeu para frente e para trás, sempre gemendo. Eu ajudava, e o movimento a deixava frenética, indo para trás e para frente com mais velocidade. O pau escapou. Coloquei de novo, depressa, e o show continuou até que mudamos de posição. Ela ficou de frente para mim e ergui sua blusa, beijando seus seios enquanto ela continuava a foder sem descanso, gemendo. Numa pausa, arrancou a blusa e jogou-a de lado. Os seios eram branquinhos e pontudos, e lambi os biquinhos, depois passei as mãos com força.
Ela continuou a gemer e suspirar enquanto fodia e então me beijou demoradamente, segurando meu rosto, um beijo molhado e babado, com muita língua.
– Aiiiii… – Ela suspirou enquanto eu levantava e ela ficava de quatro no sofá. Tirei o resto da roupa e passei a mão na buceta bem molhada, sentindo o tesão. Lambi a mão enquanto ela estendia a dela para botar o pau para dentro. Passei a mão na sua bunda, que tinha a marca do biquini asa delta, e então segurei-a pela cintura e comecei a meter. Com ela não tinha problema, podia meter bem fundo que os gemidos eram de prazer. Ela se segurava no sofá, mantendo a bunda bem empinada.
– Vai mais rápido, meu amor, mais rápido… Aiiiii, mais rápido…
Era só socar com força e ela gemia, agarrada ao sofá, e pedia mais. Quando diminuía o ritmo para não gozar,ela esfregava a bunda em mim. Deixei-a brincando um pouco enquanto agarrava os seios com força. Ela estava frenética e dei-lhe uns tapas na bunda. Quando sossegou, segurei e comecei a meter com força de novo, bem concentrado, até que uma enterrada mais forte a fez se retesar e dar um gemido longo e prolongado. Fui metendo mais lentamente enquanto a buceta tinha espasmos que liberavam meu orgasmo também. Sentia os jatos de porra jorrando na camisinha. Então caímos de lado, ainda grudados, molhados de suor.
– Que gozadinha boa, amor…
– Essa foi a melhor rapidinha de todas!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s