A que usava legging azul II


Só nos encontramos novamente umas duas semanas depois. Levei o vinho, o lubrificante e um tesão imenso, mas aos primeiros goles ela já foi me desencorajando:
– Não sei se quero fazer de novo.
– Tudo bem… Mas tenho outra fantasia.
Ela suspirou. – Qual é?
– Passar o dia inteiro na cama.
– E você aguenta? – ela indagou, descrente.
– Temos opções – respondi, indicando a mochila.
A curiosidade venceu, como sempre. Depois de uns goles de vinho, fomos para a cama. O bom dessas ocasiões é não haver pressa alguma: nos beijamos longamente, brincando com a língua um do outro, trocando saliva sem pressa. Tirei sua roupa porque queria ela nua para apreciar aquela pele macia e branca. Com beijos e massagens, fiz com que ficasse de barriga para baixo e rocei a parte de baixo do pau no rego da bunda, agarrando fime. Alcancei a mochila, apanhei o lubrificante e besuntei o dedo indicador antes de enfiá-lo no seu cu. Ela se retesou.
– Eu não falei… ?
– Calma, é só um dedinho…
Fiz com ela ela levantasse um pouco a bunda e, sem tirar os dedos, deitei de costas e comecei a chupar sua buceta. Era uma delícia, sedosa e quente. Enfiava a língua o mais fundo q podia e depois lambia o clitoris. Com a outra mão, enfiei dois dedos na buceta e me deliciei com essa penetração por algum tempo, enquanto ela gemia e se mexia de um lado para o outro. Afinal, caiu para um lado.
– Me dá ele aqui.
Levantei e fiquei sobre ela, com o pau retesado, e ela a princípio punhetou com ele, depois enfiou na boca. Deixei que ela brincasse e depois tentei fuder em sua boca, mas ela resistiu, engasgou.
– Deixa um pouco – pedi.
Bem devagar, tirei e botei o pau na sua boca, sentindo o tesão aumentar, até que tirei e rolei na cama. Ela veio por cima e, concentrada, botou a camisinha e enfiou o pau na buceta devagar até que sentou em cima, os olhos fechados, mexendo devagar. Agarrei seus seios. Ela levantava até que o pau estivesse quase todo fora, apenas a cabecinha, depois afundava de novo com um gemido. A cada enfiada, sentia toda a maciez da buceta já molhada.
– Puta merda, que bucetinha gostosa.
Ela deslizou ao meu lado, de costas. Abracei-a, beijei e mordi seu pescoço, até que peguei o pau com a mão e o posicionei na entrada do cu já lubricado.
– Não, não.
– Vamos tentar de ladinho.
Ela parou. Peguei sua mão e a levei até o pau.
– Bota você.
Devagar o pau foi entrando até que, num impulso, enfiei a cabecinha. Dessa vez não gritou, apenas suspirou mais alto e continuou conduzindo o pau pelo cu adentro. Tirou a mão e comecei a fuder lentamente, sentindo o cuzinho apertado. A porra parecia estar na ponta do pau, pronta para disparar. Segurei a bunda e continuei a fuder devagar, enquanto ela se acomodava, suspirava e, numa estocada mais forte, gemia e me xingava.
– Seu filho da puta!
– To arrombando seu cuzinho?
– Acaba com isso logo ou tira – comandou.
Tirei. Virei-a de barriga para cima e comecei outra chupada demorada, com os dedos enfiados na buceta e no cu. A bunda podia ser meu fetiche, mas a verdade é que o gosto daquela buceta era maravilhoso. Continuei mesmo depois que ela gozou, até que afastou minha boca. Virou de costas de novo.
O pau estava um pouco mole. Rocei de novo na bunda, esperei que endurecesse e tirei a camisinha. Fiquei sobre ela enquanto ia penetrando o cu, mas ela tentou escapar.
– Sem camisinha não, seu doido!
Não respondi, continuei forçando, até que sussurrei junto ao seu ouvido.
– Eu avisei que queria gozar na sua bunda…
– Não faz isso!
– Me dá, vai… quero essa bunda toda melada.
Fiquei sobre ela, pesando, até que relaxou e pude enfiar devagar, depois mais rápido, até que a porra acumulada de tanto tesão explodiu num orgasmo que parecia interminável. Deixei o pau lá dentro até que ela me empurrou de leve. Ficamos sonolentos.
– Só quero ver amanhã… – ela murmurou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s